Notícias

você está em: home > Notícias

10 de Novembro de 2020 às 09:00

Eletricitários da Energisa-MS aprovam proposta de PLR 2020

Em assembleia virtual realizada pelo Sinergia-MS nesta segunda-feira (9), os eletricitários da Energisa-MS aprovaram a proposta de PLR 2020, a ser paga em 2021, com 92% dos votos favoráveis. Por conta da pandemia, a votação ocorreu pela plataforma zoom.

A assembleia foi conduzida pelo presidente do sindicato, Elvio Vargas, com a participação dos diretores Breno Mourão e Gilson Silva e a supervisora técnica do Dieese em Mato Grosso do Sul, Andreia Ferreira.

O diretor Gilson Silva explicou que o sindicato realizou 16 reuniões com a Energisa para negociar a PLR e conquistou avanços. Além de rejeitarem a proposta da empresa de estabelecer um valor máximo de PLR a ser pago para cada funcionário, os diretores conseguiram a revisão dos pesos dos indicadores apresentados inicialmente pela concessionária de energia.

“Durante a negociação, nós brigamos e conseguimos reduzir o peso da inadimplência, pendente e perdas, que são os indicadores em que a situação da empresa está ruim”, relatou Gilson.

Os indicadores que compõem o cálculo da PLR são EBITIDA, OPEX, DEC, FEC, inadimplência, pendente, hora extra paga e perdas totais.

 

Outro avanço foi em relação aos trabalhadores atingidos pela MP 936. “Conseguimos garantir o recebimento da PLR para os eletricitários que foram afastados por causa da MP, seja pela suspensão do contrato ou redução de jornada e de salário, e eles não terão prejuízo”, destacou Elvio Vargas.

O modelo de cálculo da PLR continua o mesmo dos anos anteriores. Houve apenas alteração nos valores e pesos dos indicadores. Confira a tabela abaixo:

“Temos uma mesa preparada e conseguimos negociar bons indicadores, que sejam possíveis de atingir, e bons pesos. A empresa está indo bem, estamos caminhando para ter o segundo maior lucro e temos a expectativa de uma boa PLR”, avaliou o diretor Breno Mourão.

 

A supervisora técnica do Dieese em Mato Grosso do Sul, Andreia Ferreira, apresentou mais detalhes sobre o cálculo da PLR e destacou a situação financeira da empresa que, mesmo com a pandemia, registrou lucro de R$ 116 milhões no primeiro semestre de 2020.

“No relatório divulgado aos investidores em outubro, com dados de setembro, observamos que a Energisa Mato Grosso do Sul foi a quarta empresa do grupo a aumentar o número de vendas de energia para os consumidores residenciais e a segunda para o grupo rural”, explicou a economista.

Campanha salarial

Durante a assembleia, os eletricitários esclareceram dúvidas sobre a proposta de PLR e também sobre o andamento da Campanha Salarial 2020/2021. Nesta semana, os diretores realizaram o lançamento nas cidades de Nova Andradina, Jardim e Corumbá.

Este ano, o mote da campanha é “Com esforço da categoria, Energisa lucrou na pandemia”. As principais bandeiras são: ganho real, pagamento de 100% das horas extras, manutenção e ampliação dos direitos adquiridos, segurança alimentar (reajuste diferenciado nos tíquetes), e PCS justo, transparente e igualdade de oportunidades.

A pauta de reivindicações já foi apresentada para a empresa e o sindicato aguarda uma nova reunião para continuar as negociações.

Por: Adriana Queiroz/Assessoria de Comunicação Sinergia-MS



Copyright 2016 - Sinergia - MS- Todos Direitos Reservados

volta ao topo